Meditação Diária

Tomando decisões

Wednesday-feira, 23 de August de 2017

Antes de ficarmos limpos, a maior parte de nossas ações eram guiadas por impulsos. Hoje, não estamos presos a este tipo de pensamento

A vida é feita de uma série de decisões, ações e conseqüências. Quando estávamos usando, nossas decisões eram, geralmente, guiadas por nossa doença, resultando em ações autodestrutivas e conseqüências terríveis. Acabamos encarando as tomadas de decisão como um jogo de manipulação, que deveríamos jogar o mínimo possível. Sendo assim, muitos de nós temos grande dificuldade em aprender a tomar decisões em recuperação. Aos poucos, trabalhando os Doze Passos, adquirimos experiência em tomar decisões saudáveis, que levam a resultados positivos. Pedimos ao Poder Superior que cuide de nós onde a doença um dia afetou nossa vontade e nossas vidas. Inventariamos os nossos valores e as nossas ações, checamos as nossas descobertas com alguém que confiamos e pedimos ao Deus de nossa compreensão para que remova os nossos defeitos. Ao trabalharmos os passos, nos libertamos da influência de nossa doença e aprendemos princípios de tomada de decisão que podem nos guiar em todas as nossas atividades. Hoje, nossas decisões e suas conseqüências não precisam ser influenciadas por nossa doença. A nossa fé dá a coragem e a orientação para tomarmos boas decisões e a força para realizá-las. O resultado deste tipo de tomada de decisão é uma vida que vale a pena viver.

Só por hoje: Eu vou utilizar os princípios dos Doze Passos para tomar decisões saudáveis. Vou pedir ao meu Poder Superior a força para agir em direção a estas decisões.