Meditação Diária

Rendição

Monday-feira, 23 de October de 2017

Deixando de controlar, ganhamos um poder muitíssimo maior através da rendição

Quando estávamos usando, fazíamos tudo que podíamos para que as coisas corressem de nosso modo. Utilizávamos todos os esquemas imagináveis para controlar nosso mundo. Quando conseguíamos o que queríamos, nos sentíamos poderosos, invencíveis; quando não, nos sentíamos vulneráveis, derrotados. Mas isso não nos deteve – apenas levou a mais esforços para controlar e manipular nossas vidas, tornando-as administráveis. Tramar era nossa maneira de negar nossa impotência. Enquanto pudéssemos nos distrair com nossos planos, podíamos adiar a aceitação de que estávamos fora de controle. Apenas gradualmente percebemos que nossas vidas tinham se tornado incontroláveis e que todas as tramóias e manipulações do mundo não iriam colocá-las novamente em ordem. Quando admitimos nossa impotência, paramos de tentar controlar e administrar nosso caminho para uma vida melhor – nós nos rendemos. Carentes de um poder próprio suficiente, buscamos um Poder maior do que nós; precisamos de apoio e orientação, pedimos a esse Poder que cuide de nossa vontade e de nossas vidas. Pedimos a outros em recuperação que partilhem sua experiência de viver o Programa de NA, em vez de tentar programar nossas próprias vidas. O poder e a orientação que buscamos estão à nossa volta; precisamos apenas nos afastar do eu para encontrá-los.

Só por hoje: Eu não tentarei tramar e manipular meu caminho para uma vida administrável. Através do Programa de NA, me renderei aos cuidados de meu Poder Superior.